Inaugurado posto de atendimento do Cadastro Único e Bolsa Família de Baixio

15 set 2017

Confira Galeria de imagens no final da matéria!

Foi inaugurado na manhã desta quarta-feira (13) o novo espaço para atendimento do CADÚNICO/PBF no município de Baixio-CE. O cerimonial de inauguração faz parte das comemorações alusivas aos 61 anos de Emancipação Política do município que ocorre no dia 15 de Setembro de 2017. O novo posto, além de uma ampla estrutura física criada para melhor atender a população, conta ainda com equipamentos novos recém adquiridos e que visam agilizar o atendimento e melhor organização dos arquivos.

O Prefeito municipal José Humberto Moura Ramalho juntamente com a Vice-Prefeita Vanja Cristina Lisboa F. Andrade, a Secretária de Assistência Social Francisca Valdeniza F. Ribeiro e o Gestor do Cadúnico/PFB Jader Luiz, tiveram a honra de inaugurar o novo espaço e de poder compartilhar com os muitos beneficiários presentes ao evento, os detalhes carinhosamente pensados para um atendimento digno, e que resguarde o sigilo das informações repassadas pelos usuários aos entrevistadores.

Além da presença marcante da equipe administrativa, a inauguração contou com uma apresentação dos atores Eduardo e Célio Duarte mostrando duas donas de casa de uma forma bem humorada vivendo a realidade dos programas sociais em nosso município e os benefícios que eles proporcionam. Tudo isso mostra o comprometimento do Governo Municipal de Baixio para com a efetivação da Política de Assistência Social. Comprometimento este, comprovado pelos indicadores municipais de cumprimento das condicionalidades do PBF relacionados à Saúde (Pesagem, Vacinação, Pré-Natal), Educação (Frequência Escolar) e Assistência Social (Atualização e Averiguação Cadastral), que se apresentam da seguinte forma:

EDUCAÇÃO

98,15% das crianças e jovens de 6 a 17 anos do Bolsa Família tiveram a informação de frequência escolar
registrada nesse período. A média nacional é de 91,07% de acompanhamento na educação.

SAÚDE

As famílias que devem ser acompanhadas na saúde são aquelas que possuem crianças de até 7 anos e/ou mulheres gestantes.
O município tem um percentual de 89,41% de acompanhamento, enquanto a média nacional de acompanhamento na saúde é de 72,76%

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Em dezembro de 2016 a Taxa de Atualização Cadastral (TAC) do município era de 67%, estando abaixo da média nacional.
Hoje a média do município é de 77,54%, enquanto que a média nacional encontra-se em 73,16%.

Estes indices tem impacto direto na qualidade de vida da população baixiense, pois auxiliam fortemente na queda da evasão escolar,
aumentando assim o grau de instrução educaional, queda signicicativa na mortalidade infantil, na desnutrição e nas complicações gestacionais, entre outros
benefícios.

Em Baixio, há 951 famílias beneficiárias do Bolsa Família. Essas famílias beneficiárias
equivalem, aproximadamente, a 36,08% da população total do município, e inclui 785 famílias que,
sem o programa, estariam em condição de extrema pobreza. No mês de julho de 2017 foram
transferidos R$ 224.446,00 (DUZENTOS E VINTE E QUATRO MIL, QUATROCENTOS E QUARENTA E QUATRO REAIS) às famílias do Programa, tendo assim, um forte impácto
na economia do município.

FONTE: www.mds.gov.br/bolsafamilia


 

 

...
Se os sinais de um bom inverno forem confirmados, Porteiras terá mais um motivo para
“Baixio avançando cada vez mais!” Essa frase usada pela secretaria de educação do município no
O último dia de festa em Baixio começou por volta das 19hs deste dia 13
Rafa Delegado, Orquestra de Frevo, Luan Pakerô, Zazuêta, Biguinho Show e Arromba Elétrico, Farra de
Que Baixio faz o melhor Carnaval da região? Isso todos sabem! Que só em Baixio
A sexta-feira de pré-Carnaval foi de prevenção em Porteiras. A Secretaria Municipal de Saúde montou
Já era noite quando o Governador chegou no Largo da Estação Ferroviária no centro da
A cidade de Baixio parou para se despedir do seu filho mais ilustre, José Ferreira
Com inadimplência abaixo de 2% e beneficiando diretamente 800 agricultores, o Programa Agroamigo Banco do
[caption id="attachment_4148" align="alignnone" width="830"] Irmã Côca, Sec. Estadual de Meio Ambiente Arthur Bruno e Gleyce