JULHO AMARELO – BAIXIO EM CAMPANHA CONTRA HEPATITES VIRAIS

27 jul 2018

Em estudo recente realizado pelo Ministério da Saúde, em parceria com a Organização Pan Americana de Saúde (OPAS) e o Center for Diseases Analysis (CDA), estima-se que há 657.000 mil casos virêmicos de hepatite C no Brasil. Com esse estudo e a disponibilização do tratamento para o vírus C, o Brasil aprovou um Plano Nacional de Eliminação da Hepatite C até 2030, com a proposta de diagnosticar 90% dos casos, tratar 80% e reduzir em 85% as mortes anuais. No Ceará, de acordo com a atualização semanal doenças de notificação compulsória, até a Semana Epidemiológica 25, encerrada em 23 de junho, este ano foram registrados 55 casos de hepatite B e 63 de hepatite C, com dois óbitos.

A campanha Nacional “Julho Amarelo” que teve início no dia 4 de julho 2018 em todo Brasil, é referência ao 28 de julho, Dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais. Em Baixio, a equipe da secretaria municipal de Saúde montou uma tenda em frente a sede da SEDUC, e contando com o empenho e dedicação de seus profissionais que foram as ruas literalmente para chamar a atenção da população para os riscos e sintomas da doença.

Munidos de muita informação sobre Hepatites Virais, os profissionais convidavam os populares para fazerem os testes de HIV, sífilis e hepatites B e C oferecidos gratuitamente pela administração Ação com Humanização na tenda improvisada, e atualizar o cartão de vacina.

A secretária de Saúde do município, Maria da Conceição Moreira recebeu o prefeito José Humberto Moura Ramalho e fez questão de convidar o gestor para fazer os testes rápidos.

Hepatites Virais

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia. Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem. Elas correm o risco de as doenças evoluírem (tornarem-se crônicas) e causarem danos mais graves ao fígado, como cirrose e câncer. Por isso, é importante ir ao médico regularmente e fazer os exames de rotina que detectam a hepatite.

As hepatites virais são doenças de notificação compulsória, ou seja, cada ocorrência deve ser notificada por um profissional de saúde. Esse registro é importante para mapear os casos de hepatites no país e ajuda a traçar diretrizes para as políticas públicas no setor.

Com informações do Governo do Estado do Ceará     

...
No Link abaixo os cidadãos iram encontrar uma opção para opinar sobre as melhores soluções
A Audiência Pública do Plano Municipal de Saneamento Básico de Baixio/CE (PMSB) foi realizada no
A prefeitura municipal de Baixio, através de seu representante, o Prefeito José Humberto Moura Ramalho,
Por Rômulo Borges Na manhã desta terça-feira (12) foi assinada ordem de imediata execução de
Por Luis Carlos Coutinho 378 olhares femininos buscavam uma imagem capaz de responder às suas
Um Só Compromisso Assumido Por Todos. O tema da Jornada Pedagógica 2019 sinalizou o quanto
No repertorio da última noite de folia em Baixio (terça-feira 05 de março), muito Swing
Tikinho Pankadão abriu os trabalhos com muito Swing e axé, e Fyama Lima agitou até
Amplie a Galeria para conferir as imagens [gallery ids="12399,12400,12401,12402,12403,12404,12405,12398,12406,12407,12408,12409,12410,12411,12412,12413,12414,12415,12416,12417,12418,12419,12420,12421,12422,12423,12424,12425,12426,12427,12428,12429,12430,12431,12432,12433,12434,12435,12436,12437,12438,12439,12440,12441,12442,12443,12444,12445,12446,12447,12448,12449,12450,12451"]
A abertura oficial do Carnaval Baixio Folia 2019 foi na sexta-feira (01) com bailinho infantil