JULHO AMARELO – BAIXIO EM CAMPANHA CONTRA HEPATITES VIRAIS

27 jul 2018

Em estudo recente realizado pelo Ministério da Saúde, em parceria com a Organização Pan Americana de Saúde (OPAS) e o Center for Diseases Analysis (CDA), estima-se que há 657.000 mil casos virêmicos de hepatite C no Brasil. Com esse estudo e a disponibilização do tratamento para o vírus C, o Brasil aprovou um Plano Nacional de Eliminação da Hepatite C até 2030, com a proposta de diagnosticar 90% dos casos, tratar 80% e reduzir em 85% as mortes anuais. No Ceará, de acordo com a atualização semanal doenças de notificação compulsória, até a Semana Epidemiológica 25, encerrada em 23 de junho, este ano foram registrados 55 casos de hepatite B e 63 de hepatite C, com dois óbitos.

A campanha Nacional “Julho Amarelo” que teve início no dia 4 de julho 2018 em todo Brasil, é referência ao 28 de julho, Dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais. Em Baixio, a equipe da secretaria municipal de Saúde montou uma tenda em frente a sede da SEDUC, e contando com o empenho e dedicação de seus profissionais que foram as ruas literalmente para chamar a atenção da população para os riscos e sintomas da doença.

Munidos de muita informação sobre Hepatites Virais, os profissionais convidavam os populares para fazerem os testes de HIV, sífilis e hepatites B e C oferecidos gratuitamente pela administração Ação com Humanização na tenda improvisada, e atualizar o cartão de vacina.

A secretária de Saúde do município, Maria da Conceição Moreira recebeu o prefeito José Humberto Moura Ramalho e fez questão de convidar o gestor para fazer os testes rápidos.

Hepatites Virais

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia. Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem. Elas correm o risco de as doenças evoluírem (tornarem-se crônicas) e causarem danos mais graves ao fígado, como cirrose e câncer. Por isso, é importante ir ao médico regularmente e fazer os exames de rotina que detectam a hepatite.

As hepatites virais são doenças de notificação compulsória, ou seja, cada ocorrência deve ser notificada por um profissional de saúde. Esse registro é importante para mapear os casos de hepatites no país e ajuda a traçar diretrizes para as políticas públicas no setor.

Com informações do Governo do Estado do Ceará     

...
Sexta-feira 02 de outubro de 2018 feriado de finados, dia marcado para visitar os entes
[caption id="attachment_10754" align="alignnone" width="1280"] Prefeito Fábio Pinheiro se diverte com crianças ao entregar brinquedos.[/caption] Quanto
A semana em Baixio abre espaço para todas as discussões em torno das políticas voltadas
Festa, cânticos, pipoca, bombons, pirulitos e muita alegria! Esses foram os ingredientes do VI Congresso
Na manhã desta quarta-feira, 10/10/2018, a partir das 9h realizou-se na Câmara Municipal de Baixio
Entre os 63 candidatos a deputados federais votados em Baixio, ele foi mais uma vez
A Prefeitura Municipal, através da secretaria de Assistência Social, promoveu, neste dia 18 de outubro
O Governo Municipal de Baixio, gestão “Ação com Humanização” através da Secretaria Municipal de Assistência
O Centro de Referência da Assistência Social Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (CRAS III), no
Mais 14 extrativistas porteirenses foram beneficiados com as ações de incentivo à Nota Fiscal, um