REVITALIZAÇÃO DO CRAS E CONFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

12 set 2019
Por Rômulo Borges

Baixio-CE, 10 de Setembro de 2019.

– REVITALIZAÇÃO CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL – CRAS.

A Gestão Ação com Humanização, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizou na manhã desta terça-feira (10) a cerimônia de inauguração da Revitalização do Prédio onde funciona o Centro de Referência da Assistência Social – CRAS .

As obras realizadas no CRAS contemplou a reforma de salas administrativas, salas de uso coletivos onde funcionam o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e grupos do PAIF, sala do Programa Criança Feliz, copa/cozinha (ampliação), Salão de eventos e instalação de rampas de acessibilidade. Foi ainda realizada uma pintura geral externa e interna da unidade e colocada a placa de identificação.

O CRAS de Baixio a partir deste momento passa a funcionar de forma a proporcionar melhor conforto e qualidade tanto para os profissionais como para os usuários. Pelo porte populacional do município (aproximadamente 6.200 habitantes de acordo com o IBGE/2010), o CRAS pode referenciar até 2.500 famílias.

Anualmente são realizados aproximadamente 1.200 procedimentos, dentre estes: atendimento e acompanhamento social individual e familiar, encaminhamentos ao INSS para concessão de BPC, encaminhamentos ao Cadastro Único para concessão de Bolsa Família, requisição e concessão de benefícios eventuais (cesta básica, auxílios natalidade e funeral) entre outros.

– VIII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL.

Tendo como tema central “Plano Decenal de Assistência Social: Desafios e Possibilidades em Tempos de Crise”, aconteceu a Conferência Municipal de Assistência Social de Baixio.Organizada conjuntamente pelo Conselho Municipal de Assistência Social e a Secretaria Municipal de Assistência Social, a Conferência objetivava expor á sociedade as dificuldades financeiras enfrentadas pela política de assistência social, muito em virtude do Governo Federal estar atrasando o repasse de recursos do confinamento federal destinado aos municípios para execução e manutenção dos programas e serviços socioassistenciais.

O eixo mais discutido foi justamente sobre “Financiamento”, onde a plenária deliberou proposições que possam sanar o atraso de recursos, bem como garantir a obrigatoriedade do repasse mensal.

Praticamente todos os municípios brasileiros estão com parcelas atrasadas, porém, os chamados municípios “pequenos” são os que mais sofrem com a falta de recursos. Mesmo assim, diante de tantas dificuldades, principalmente a financeira, Baixio vem mantendo em pleno funcionamento todos os serviços e programas socioassistenciais, muito pela organização financeira da gestão, que além de sua responsabilidade regulamentada pela Lei Orgânica de Assistência Social que é de execução e acompanhamento dos programas e serviços, vem também assumindo a responsabilidade do Governo Federal que é a de dispor recurso aos municípios para a polícia de assistência social. Um exemplo dessa organização e compromisso municipal para com o Social é a própria reforma do CRAS.

Além das proposições, foram escolhidos 2 delegados municipais para representar Baixio na XIII Conferência Estadual de Assistência Social, quem acontecerá nos dias 16 e 17 de outubro do corrente ano em Fortaleza CE.

...
A tarefa não é simples, os caminhos costumam ser extenuantes, mas o produto final é
A semana do dia 01 ao 08 de fevereiro em Baixio foi uma semana de
“#ChegueiEnsinoMédio” O evento de boas-vindas organizado pela equipe do Colégio Estadual Mons. Horácio Teixeira para
A equipe do Selo UNICEF Edição 2017/2020 na pessoa da Articuladora Municipal Socorro Sales, montou
Nesta última segunda feira 03 de fevereiro, aconteceu o início do Primeiro Período legislativo de
A segunda-feira 3 de fevereiro já amanheceu ao som das ferramentas em Baixio, é a
Do dia 27 ao dia 31 de Janeiro de 2020, a Secretaria de Assistência Social
Depois de 14 dias da assinatura da Ordem de Serviço para o início da reforma
Mantendo sua política de valorização do magistério, o Governo Municipal de Porteiras seguirá o piso